Evento discute a pandemia de desinformação científica nas redes sociais

Como melhorar a comunicação da ciência com a sociedade e enfrentar a disseminação de notícias falsas nos meios digitais será tema do próximo USP Talks, dia 23 de junho

Como fazer uma boa comunicação da ciência e combater a pandemia de notícias falsas, pseudociência, charlatanismo, teorias conspiratórias e outras formas de desinformação científica que se espalham como um vírus pelas redes sociais? E quais as consequências disso para o avanço da ciência, da medicina e das políticas públicas baseadas em evidências, especialmente no contexto da pandemia de covid-19?

Esse será o tema do próximo USP Talks, dia 23 de junho, das 11h às 12h30, com transmissão ao vivo pelo Canal USP do YouTube, neste link: https://youtu.be/ghcedoP2GPw.

Os debatedores serão:

  • Pablo Ortellado, professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) e coordenador do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação (GPOPAI) da USP
  • Paulo Nussenzveig, professor titular do Instituto de Física da USP e colunista da Rádio USP, onde comenta sobre história, métodos e percepção pública da ciência
  • Natalia Pasternak, pesquisadora colaboradora do Instituto de Ciências Biomédicas da USP e presidente do Instituto Questão de Ciência (IQC)
  • Sabine Righetti, pesquisadora do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp e coordenadora da Agência Bori, especializada em jornalismo científico

Com moderação de Herton Escobar, jornalista científico e repórter do Jornal da USP.

O público poderá enviar perguntas pela internet durante a transmissão.

Para saber mais sobre o USP Talks, visite nosso site e nossas redes sociais:

  • YouTube: https://goo.gl/gMNCzk
  • Facebook: www.facebook.com/usptalks/
  • Twitter: twitter.com/USPTalks
  • Site: http://usptalks.prp.usp.br/pt/home

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.