Estudo busca escolas de SP para avaliar conhecimento de alunos sobre mudanças climáticas

Na pesquisa do Instituto de Biociências da USP estudantes do ensino fundamental e médio devem responder questões por formulário on-line; escolas participantes podem solicitar palestras e workshops sobre o tema

 Publicado: 04/10/2021
Preenchimento do formulário leva por volta de 15 minutos – Foto: Divulgação / DWIH

.
Uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto de Biociências (IB) da USP quer investigar as diferenças entre a percepção e o conhecimento de adolescentes sobre mudanças climáticas no Brasil e no Chile. Para isso, busca escolas voluntárias situadas no município de São Paulo que incentivem estudantes dos 8º e 9º anos do ensino fundamental II e do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio para responder ao questionário on-line neste link, com tempo de preenchimento estimado entre 15 e 20 minutos.

As respostas dos alunos de São Paulo serão comparadas às da região de Magalhães e Antártica Chilena, no Chile, tendo como base de comparação a localidade, uma vez que os dois países compartilham o cenário geográfico característico da América do Sul. A comparação entre os países fornecerá um panorama das diferenças e semelhanças entre as localidades, compondo uma análise capaz de dialogar com estudos realizados em outros países do mundo. A participação é anônima e só serão registradas as respostas da pesquisa.

Após o preenchimento do questionário, as escolas participantes poderão contar, a partir da solicitação da coordenação e dos professores, com palestras e workshops sobre o tema das mudanças climáticas com a equipe do Projeto Ecossistemas Costeiros, que promove ações de educação continuada em colaboração com escolas do município e do Parque CienTec USP, integrando conceitualmente dentro desses temas estudantes e professores.

Com o nome Conhecimento e Percepção de Adolescentes sobre Mudanças Climáticas: perspectivas do sul global, o estudo tem relação com o projeto de extensão e pesquisa universitária Projeto Ecossistemas Costeiros do IB, em parceria com o Parque CienTec, que busca compreender as atitudes e comportamentos de estudantes das escolas públicas para estruturar projetos de educação ambiental adequados que contribuam para ações coletivas e individuais conscientes.

Os estudos estão sendo conduzidos pela aluna de doutorado Beatriz Sinelli Laham, do Programa de Pós-Graduação do Departamento de Botânica do IB, sob a orientação do professor Flávio Berchez, também do IB.

Participe da pesquisa pelo formulário on-line, clicando aqui.

Mais informações pelo e-mail: beatrizsinelli@ib.usp.br

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.