Estudantes da USP usam teatro para inclusão cultural de crianças

A Teatreria Clube da Lua atende crianças de Lorena e Guaratinguetá; com a pandemia, grupo também está arrecadando doações

A Teatreria Clube da Lua atende crianças de Lorena e Guaratinguetá; com a pandemia, grupo também está arrecadando doações – Foto: Reprodução/ Facebook

Um grupo de universitários da cidade de Lorena, no interior de São Paulo, se organizou para promover a inclusão cultural e levar alegria através do teatro para moradores do município e da vizinha Guaratinguetá. A Teatreria Clube da Lua é formada por estudantes da Escola de Engenharia de Lorena (EEL) da USP e o Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal). 

“Nosso público-alvo são as pessoas em vulnerabilidade social, principalmente as crianças. E, para isso, entregamos dois produtos finais: peças teatrais gratuitas e oficinas que abordam temas a respeito do teatro”, explica a estudante de Engenharia Química da EEL, Lorena Triffoni, vice-presidente da teatreria. 

Peça encenada pelo grupo antes da pandemia de covid-19 – Foto: Fotomontagem – Reprodução/Facebook

As oficinas duram uma hora e proporcionam um ambiente em que as crianças se sintam confortáveis e livres para aprender e se desenvolver. São dinâmicas de aquecimento para se movimentarem e liberarem energia. Há ainda exercícios de expressão corporal, foco e improviso. Nesse processo, crianças e educadores criam um espetáculo apresentado no final do ano para os pais e a teatreria. 

A entidade, que completa cinco anos em 2020, possui departamentos específicos para cada atividade, desde Gestão de Sorrisos e Recursos Humanos até o Educacional, que desenvolve e realiza oficinas com as crianças. A cada ano é adaptado e produzido um espetáculo, além daquele montado com as crianças. 

Lorena Triffoni, estudante de Engenharia Química na EEL e vice-presidente do projeto – Foto: Arquivo pessoal

As peças do grupo são mensais e, às vezes, quinzenais. Já as oficinas são semanais. Mas ambas foram interrompidas em função do isolamento social. “Nós já temos uma nova peça sendo construída, então o que estamos tentando fazer é adiantar a montagem do que é possível fazer sozinho em casa, e buscar capacitações para voltar com mais conhecimento no ano seguinte. Para as oficinas, precisamos das crianças, então tentamos propor atividades por vídeos gravados”, conta Lorena. 

Nas oficinas de teatro, havia 40 crianças da Associação de Atendimento À Criança e Ao Adolescente de Lorena (AACAL) e 15 do Centro Social Maria Rita Pèrillier (Cemari). Para manter o contato com as crianças, o projeto criou um grupo com seus pais e responsáveis. Lá são enviados os vídeos do Educa a Distância. 

“Fizemos uma série de cinco vídeos quinzenais com atividades simples para as crianças conseguirem fazer em casa, mesmo com pouco material”, diz Lorena. “Postamos em nossas redes sociais e conseguimos enviar para todos os responsáveis das crianças pelo WhatsApp, mas a adesão foi bem baixa, o que nos fez sentir impotentes.”

Campanha para ajudar a quem precisa

O grupo buscou alternativa para manter o contato com as crianças atendidas e assim surgiu a campanha Luz, câmera e arrecadAÇÃO para doação de alimentos e materiais de limpeza. “As famílias das nossas crianças estão em vulnerabilidade social e agora mais do que nunca precisam do nosso auxílio, e temos essa vantagem de estarmos em contato com várias pessoas dispostas a ajudar”, conta Lorena. O objetivo é, além de abastecer essas famílias com o essencial, como itens de alimentação, limpeza e higiene, entregar um material informativo e educativo. 

“Os membros da teatreria estão se esforçando muito no financeiro, divulgação e logística, e desenvolveram um material com muito carinho, com atividades para as crianças. Queremos muito ajudar todas as crianças dos projetos.” No total, são 99 famílias e 137 crianças. Os recursos são captados pela Vakinha on-line e pelo PicPay. Também há recebimento de livros, que devem ser enviados para a Lorena, mas antes é necessário preencher um formulário. A arrecadação acaba no dia 2 de agosto.

Para mais informações, acesse:

Facebook: https://www.facebook.com/teatreriaclubedalua

Instagram: https://www.instagram.com/teatreriaclubedalua/?hl=pt-br  

PicPay: http://picpay.me/gabriela.teatreria 

Vakinha on-line: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/luz-camera-arrecadacao

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.