Esclarecimentos sobre tratamento à base de hidroxicloroquina da covid-19

O Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP divulga nota defendendo a importância das evidências científicas no tratamento e na prevenção de doenças

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=312931

.

A diretoria do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo vem a público manifestar seu posicionamento em relação aos depoimentos e vídeos divulgados em mídias sociais por um de nossos pesquisadores, vinculado ao Departamento de Microbiologia, relacionados ao tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19 com hidroxicloroquina e azitromicina.

A instituição declara que as colocações feitas pelo docente são de sua inteira responsabilidade e não representam uma posição institucional. Nenhuma pesquisa relacionada aos resultados relatados pelo pesquisador foi ou está sendo conduzida nas dependências do ICB ou da USP.

O ICB reafirma o seu compromisso com a ciência e a ética em pesquisas relacionadas à epidemia de Covid-19, assim como em todas as áreas em que atua. Atualmente o ICB conduz diversas pesquisas, em condições experimentais, que buscam levar a descobertas que ampliem o conhecimento sobre o vírus e suas interações com o ser humano, incluindo novas estratégias de tratamento e prevenção da doença. No entanto, a divulgação de qualquer resultado obtido por seus pesquisadores, e quaisquer outros, deve estar baseada em evidências científicas sólidas e passíveis de reconhecimento pela comunidade científica e médica do Brasil e do exterior.

Diretoria do ICB

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.