Encontro na USP discute os desafios do envelhecimento

Simpósio gratuito é parceria do Universidade Aberta à Terceira Idade com o projeto Envelhecimento Ativo, do Hospital Universitário

Por - Editorias: Universidade
  • 102
  •  
  •  
  •  
  •  
Evento na USP discute o envelhecimento ativo e a terceira idade – Foto: PRCEU/Reprodução

Com o objetivo de ampliar a discussão na sociedade sobre os desafios do envelhecimento populacional e dar mais visibilidade ao tema, a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP realiza, no dia 10 de maio, quinta-feira, das 8 às 18 horas, o segundo Simpósio USP Rumo ao Envelhecimento Ativo na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin.

O evento, que visa a valorizar a população idosa e propor soluções para uma melhor qualidade de vida, é parte do programa Universidade Aberta à Terceira Idade da USP, e é aberto ao público mediante inscrições prévias.

Com entrada gratuita, o simpósio será feito em parceria com o projeto Envelhecimento Ativo do Hospital Universitário (HU) da USP e discutirá a relação do envelhecimento com diversas áreas, dentre elas o mercado de trabalho, a sociedade, a tecnologia, os direitos humanos e a própria saúde.

Segundo o médico Egidio Dórea, coordenador do programa Universidade Aberta à Terceira Idade e do projeto Envelhecimento Ativo, “a importância desse simpósio é a possibilidade de discutir temas tão atuais e relevantes com especialistas nas áreas. Somente o debate e o questionamento poderão fazer com que a conscientização e mudanças significativas ocorram”.

O evento é dividido em cinco blocos temáticos, com palestras curtas e debates. Dentre os participantes do simpósio, destacam-se as falas de Gilberto Dimenstein sobre Envelhecimento e mídias sociais, José Gregori sobre Envelhecimento e Direitos Humanos e de Luiz Felipe Pondé sobre Envelhecimento e Filosofia.

Para mais informações, como programação e outros detalhes, acesse a página do evento.

Com informações da PRCEU

  • 102
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados