E-book gratuito da USP traz guias para aprender línguas e seguir carreira na área de Letras

Publicação tem enfoque no árabe, alemão, chinês, coreano, grego, latim, russo e português para imigrantes e refugiados, mas pode ser aproveitado para qualquer língua

 Publicado: 13/09/2021  Atualizado: 17/09/2021 as 12:02
Por
Guias abordam ensino e aprendizagem de línguas de forma didática – Foto: Reprodução/FFLCH USP

.
Um material didático inédito sobre metodologias para ensino e aprendizado de línguas em formato de e-book, totalmente gratuito e elaborado por especialistas da USP. O
Portal de Livros Abertos da USP publicou em agosto Guias formativos: para aprendizes e futuros profissionais de línguas na Universidade de São Paulo. A publicação é para auxiliar quem quer aprender uma nova língua e aqueles que pretendem trabalhar na área de ensino de línguas, ou mesmo já estão atuando.

O e-book tem 413 páginas e foi criado para apoiar o processo formativo dos alunos ingressantes em cursos de graduação de Letras, com enfoque nas seguintes línguas: árabe, alemão, chinês, coreano, grego, latim, russo e português para imigrantes e refugiados.

Apesar do foco nesse público, os guias podem ser úteis para qualquer pessoa que pretende ensinar (Licenciatura), já que indicam caminhos para a formação de professores e planejamento da carreira. Além disso, é possível conhecer como se formam os estudantes de Letras da USP.

“Os guias são para quem está querendo aprender uma dessas línguas, mas não precisa ser necessariamente um aluno da USP, pode ser qualquer pessoa. Não substitui uma formação, mas ajuda para iniciar, ter alguma ideia de onde e como estudar, para alunos que pretendem ingressar nessas habilitações. O guia também ajuda a ter uma ideia de como funciona o curso de Letras, disciplinas etc. E pode ajudar os professores que já estão trabalhando na área”, explica Milan Puh, professor da Faculdade de Educação (FE) e organizador do e-book.

Ele destaca que a publicação foi elaborada em uma linguagem acessível para pessoas que não são da área de Letras, apesar de ter conteúdos técnicos. 

Os guias foram escritos por universitários do curso de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação (FE) da USP. A publicação é resultado do projeto Produção de Materiais Didáticos e Metodologias para Ensino de Línguas no Contexto Brasileiro dentro Programa Unificado de Bolsas (PUB) da USP, que incentiva alunos em atividades de investigação científica ou projetos para a formação acadêmica e profissional.

Os responsáveis são Camila Bolini, Flávia da Silva Rabelo Nobre, Guilherme Martins Rodrigues Vasconcelos, Heloisa Oliveira de Lima, Ione Messias, Júlia Calipo Toth, Manoella Kfouri Ricciardi, Matheus Menezes, Samuel Evangelista Santos e Tayná Oliveira Canuto.

O projeto começou em setembro do ano passado e foi coordenado pelo professor da FE. A escolha das línguas para compor os guias está relacionada à disciplina ministrada por Milan na área de Metodologia do Ensino de Línguas.

“Essas línguas dos guias têm uma grande importância, como chinês, japonês, russo, mas não estão recebendo a devida atenção no Brasil. Percebemos também que faltava muito material para os alunos poderem aprender, ensinar e trabalhar com essas línguas”, conta Milan.
.

Universitários e o professor Milan (último quadro à direita) que participaram da elaboração do e-book – Foto: Arquivo pessoal

.

Guia de Línguas

Os guias de cada uma das línguas selecionadas seguem uma estrutura comum: 

  • descrição da habilitação: bacharelado e licenciatura com seu histórico, funcionamento, programas de curso e currículos institucionais, disciplinas, quadro docente, pós-graduação e extensão; 
  • materiais didáticos e recursos digitais comentados e descritos de acordo com os métodos neles encontrados;
  • espaços físicos, instituições, comunidades onde é possível ter contato, trabalhar com a língua, recomendações de leituras sobre assuntos culturais, linguísticos e outros;
  • análise de relatos de experiência dos alunos veteranos e de expectativa dos alunos ingressantes na habilitação 2021 do curso de Letras da USP, em São Paulo.

Os autores alertam que essa estruturação não resultou em conteúdo homogeneizado, já que cada língua tem as suas especificidades, que foram identificadas e apresentadas. Eles aconselham a leitura de todos os guias porque há ideias e informações que podem ser aproveitadas independentemente da língua.

Confira o livro disponível no link abaixo (acesso no botão PDF):
http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/book/644

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.