Curso na USP ensina ferramentas e técnicas em blockchain

Promovido pela Escola Politécnica, atividade é paga e será realizada em São Paulo de outubro a dezembro

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=194286
  • 17
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Anses via Flickr – CC

De 16 de outubro a 13 de dezembro, a Escola Politécnica (Poli) da USP, em São Paulo, oferecerá o curso Blockchain Developer ,com 30 vagas.

Ele é direcionado a profissionais, empreendedores e estudantes que queiram se atualizar na área e entender os conceitos relacionados à tecnologia blockchain e Distributed Ledger Technology (DLT).

O blockchain tem ganhado cada vez mais atenção por conta de sua relação com as criptomoedas. Trata-se de uma rede de blocos encadeados que torna a transmissão de informação mais segura, ao criptografar os dados a cada transferência entre blocos. Dessa forma, ao final do processo, a informação contém a criptografia de todos os blocos pelos quais já passou e está extremamente protegida.

Já o DLT é um termo guarda-chuva para tecnologias que distribuem informações entre os usuários. O blockchain foi a primeira DLT a ser completamente funcional, por isso é comum encontrar o uso dos termos como sinônimos.

As aulas pretendem formar desenvolvedores fluentes em blockchain através de disciplinas teóricas e práticas. Para se inscrever, é necessário ter experiência em alguma linguagem de programação voltada a objetos e trazer o próprio notebook. Devido ao número limitado de vagas, os interessados devem enviar seus currículos através do site para realizar a pré-inscrição. O investimento é de R$ 3.800 e as aulas ocorrerão às terças e quintas, das 18h30 às 22h30, no campus Cidade Universitária, em São Paulo.

  • 17
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados