Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Conteúdos da USP ajudam a entender a conjuntura do livro e da leitura no Brasil

Confira produções em vídeo, áudio, texto ou aulas veiculadas em portais e canais da Universidade

 28/10/2021 - Publicado há 1 mês

Redação

Comemorado no dia 29 de outubro, o Dia Nacional do Livro foi escolhido como referência à fundação da Biblioteca Nacional, em 1810, quando foram disponibilizados os primeiros livros do acervo bibliográfico pela Família Real Portuguesa. Desde então, o desafio de formar uma nação de leitores continua no horizonte, já que apenas um em cada quatro brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura, de acordo com o Indicador de Alfabetismo Funcional. Recentemente, o livro correu até o risco de perder a isenção tributária sob o pretexto de que “só rico lê”.

Com livros e acervos em perigo e um momento de desmonte das políticas públicas em prol da leitura, entender a conjuntura do livro no País é um importante papel do cidadão. Confira então alguns conteúdos selecionados pelo Jornal da USP para lembrar a data, saber mais sobre a importância do livro e como ser um leitor mais ativo.

O aparecimento do livro

O Aparecimento do Livro, de Lucien Febvre e Henri-Jean Martin, inaugurou um campo de pesquisas que procuram responder qual foi o papel do livro nas grandes transformações históricas.

Aproveitando o lançamento da segunda edição brasileira pela Editora da USP (Edusp), em 2017, o Canal USP entrevistou Marisa Midori, professora do curso de Editoração da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, que fez o prefácio. Para ela, a principal novidade oferecida por Febvre e Martin foi a oportunidade de conhecer uma história econômica, social e política do livro. Para isso, os autores não começam a narrativa do tipógrafo de Gutenberg, mas sim da matéria-prima.

Ela explica como a técnica de produção do papel viajou da China à Europa, passando pelo Islã. Foi durante a época da ocupação islâmica na Península Ibérica que a produção se estabeleceu em terras europeias. “Esses moinhos serão implantados a partir da Península Itálica. Sem a compreensão da importância dessa primeira indústria papeleira, não temos como entender a produção em larga escala (dos livros).”

Clique no player a seguir e confira a playlist:

O universo dos livros na Rádio USP

A professora Marisa Midori fala sobre o universo dos livros toda sexta-feira, às 9 horas, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM). Todos os áudios ficam disponíveis na página do programa.

Na coluna, Marisa aborda questões sobre a história do livro, lançamentos importantes do mercado editorial e o comportamento dos leitores brasileiros, além de comentar as políticas públicas e decisões do governo relacionadas ao livro e à leitura. Confira algumas das colunas a seguir.

As editoras LGBTQ+ se mostram como resposta ao preconceito –
11/06/2021

Marisa Midori fala sobre a crise do mercado editorial –
28/05/2021

“Retratos da Leitura” traz dados preocupantes sobre os leitores – 18/12/2020

Quanto uma boa leitura pode mudar as nossas vidas?

O papel dos livros para superar a ignorância, o ódio e a recusa ao diálogo

A coluna do professor e atual presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SPBC), Renato Janine Ribeiro, abordou em 2018 dois casos que ocorreram naquela ocasião para falar da importância dos livros e do conhecimento para a sociedade. Ele aborda, por exemplo, um ato de vandalismo na Biblioteca Antonio Candido, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com pichações de conteúdo racista, nazista e de apologia à violência. Para o colunista, o ódio e recusa ao conhecimento definem o episódio.

Ele lembra da Biblioteca de Alexandria e de um sultão que conquistou a cidade no século 7, que dizia: “Se os livros que lá estão contradizem o que diz Deus, devem ser destruídos. Se dizem o mesmo que diz Deus, são desnecessários”. “O livro sai dessa dicotomia, de repetir ou contrariar Deus, pois tem seu próprio caminho, que é descobrir novas coisas”, destacou o colunista. Confira abaixo o áudio:

Reproduzir vídeo

Caminhos do mercado editorial no Brasil

O programa Diálogos na USP abordou no mês de junho o tema do mercado editorial no Brasil, com o historiador e editor Jaime Pinsky e o professor Thiago Mio Salla, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

Eles responderam questões sobre a cultura, a leitura e o livro em meio à pandemia de covid-19, considerando desde as relações do mercado editorial com a sociedade – com riscos de uma taxação do livro – e também a importância da leitura como resistência ao momento que estamos vivendo.

Clique no player do vídeo para ver o programa.

Importância da leitura na vida do cidadão

Despertar o interesse pela leitura em crianças e adolescentes é fundamental para formar cidadãos capazes de analisar criticamente o mundo ao seu redor. Para debater de que formas a leitura pode influenciar positivamente a vida das pessoas, o programa USP Analisa conversou com a presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Adriana Silva, e a professora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, Elaine Assolini.

Para Elaine, pessoas que não têm acesso ao universo da literatura têm dificuldades não apenas na interpretação de mundo, mas também na comunicação. “Esse sujeito tem dificuldade no processo de diálogo, interpretar os fatos e acontecimentos à sua volta, dificuldade para argumentar. A leitura transforma o sujeito e ela pode proporcionar esse processo de transformação independentemente da escolarização. E isso é muito importante de ser apontado. Porque o sujeito pode não estar mais no âmbito escolar, no contexto escolar, ter aprendido a gostar de ler, ter se aproximado do universo de leitura e continuar sendo um leitor ao longo da sua vida.”

Confira abaixo o áudio do USP Analisa:

Foto: USP Imagens

Métodos de leitura

A disciplina Práticas de Leitura e Escrita Acadêmicas ministrada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP tem como objetivo desenvolver nos estudantes as competências e habilidades relacionadas às necessidades da leitura e da escrita tal como devem ser praticadas na vida acadêmica. Todas as aulas com professores das áreas de História, Ciência Política, Letras e Filosofia estão disponíveis no Canal USP, neste link. Nos vídeos a seguir, a professora Lica Hashimoto apresenta métodos de leitura. 

Aula 1

Aula 2

Aula 3

Livros gratuitos para baixar

A USP disponibiliza acervos de livros on-line que estão abertos para todos.  Entre eles está o Portal de Livros Abertos da USP, inaugurado em 2016 e mantido pela Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica (Aguia), com a reunião e divulgação dos livros digitais acadêmicos e científicos publicados pelas unidades, institutos, centros, museus e órgãos centrais da Universidade. Os livros são de autoria ou organização de professores e especialistas e todas as obras podem ser baixadas gratuitamente.

Clique aqui para ver os livros disponíveis no portal.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.