Hackathon propõe aplicação de ciência para melhora da vida universitária

Competição na USP reunirá 350 estudantes para propor soluções em hardware e software

  • 40
  •  
  •  
  •  
  •  

.

Como a ciência de dados pode melhorar o dia a dia universitário? A partir desse questionamento, 60 estudantes da USP terão 24 horas para propor soluções que envolvam o desenvolvimento de software ou hardware durante o HackathonUSP.  O evento será realizado nos dias 9 e 10 de junho, às 15 horas, no Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP, em São Paulo.

Realizado pelo USPCodeLab, Núcleo de Empreendedorismo da USP (NEU) e Hardware Live USP, o hackathon tem apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) da USP, do IME e da IME Jr. Mais de 300 alunos se inscreveram na maratona de programação.

O desenvolvimento dos protótipos deve ser pensado a partir do correlacionamento de dados, uso de métodos manuais para encontrar padrões, da dinamização de aplicações através da reação a mudanças e aprendizado com seu funcionamento e, por fim, da visualização de conexões dos dados.

Para a premiação, os jurados levarão em consideração quatro critérios principais: a criatividade usada no processo de criação, o design e a interface do projeto, o impacto que a ideia tem em sua aplicação e o funcionamento da aplicação dos softwares  e hardwares desenvolvidos pelos participantes.

O time que conquistar o primeiro lugar será contemplado com uma viagem para o Vale do Silício, com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa, curso de curta duração na Universidade de Stanford, e um troféu 3D HackathonUSP. As segunda e terceira posições receberão, respectivamente, o leitor de livros digitais Kindle, e um fone de ouvido da marca JBLAlém disso, todos os premiados ganham medalhas do HackathonUSP.

A competição será sediada no IME, localizado na Rua do Matão, 1.010, campus Cidade Universitária, em São Paulo. As inscrições já foram finalizadas.

  • 40
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados