Competição ajuda a transformar ideias inovadoras em negócios

Falling Walls Lab é voltado a universitários, pesquisadores e empreendedores; inscrições são gratuitas e estão abertas até 9 agosto

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=342678
Victor Freitas, finalista brasileiro do Falling Walls 2019 durante apresentação na competição global que ajuda transformar ideias inovadoras em negócios – Foto: Divulgação Falling Walls

O Falling Walls Lab (FWL), concurso global que promove projetos transformadores, está com inscrições abertas para estudantes, pesquisadores, profissionais e empreendedores que possuam ideias inovadoras. O vencedor da etapa brasileira terá a possibilidade de apresentar seu projeto na fase mundial da competição, participar da rede internacional de networking do concurso e até impulsionar sua iniciativa. Em virtude do isolamento social, todas as etapas serão on-line. As inscrições para a fase classificatória nacional são gratuitas e estão abertas até 9 de agosto através do site. O evento é organizado pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH São Paulo), em parceria com a Falling Walls Foundation e tem apoio da USP.

Os projetos serão analisados por um grupo de especialistas que selecionará aproximadamente 15 iniciativas para a apresentação do pitch elevator (síntese da proposta) em vídeo. O vencedor nacional será escolhido no dia 17 de setembro, quando a banca avaliadora poderá elaborar perguntas sobre as propostas das iniciativas. O vencedor da etapa nacional participará da fase global, que reúne competidores de 100 países.

Apenas maiores de 18 anos podem se inscrever. Dentre os aptos a participarem da competição estão estudantes de graduação e pós-graduação, bacharéis formados há, no máximo, dez anos e formados no mestrado há, no máximo, sete anos. As inscrições devem ser enviadas em inglês.

Falling Walls Lab

Inscrições até 9 de agosto através do site

Mais informações em: https://falling-walls.com/lab/

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.