Casa da Ciência busca pesquisadores para produção de conteúdos educativos

Projeto Adote Online contribui para a formação de estudantes do ensino básico com produções que explicam conceitos científicos

 18/05/2021 - Publicado há 4 meses
Projeto Adote Online promove desafios e experiências aos estudantes do ensino básico – Foto: Freepik

.

Para despertar o interesse dos jovens pelo conhecimento científico, a Casa da Ciência promove durante todo o ano o programa Adote Online, que consiste na divulgação de vídeos educativos que incluem desafios e experiências nos quais os estudantes aprendem conceitos de várias disciplinas do ensino básico. Para as atividades do 2º semestre de 2021, o programa tem inscrições abertas para pesquisadores, graduandos e pós-graduandos interessados em participar na produção dos vídeos, bastando enviar e-mail para contato@casadaciencia.com.br ou entrar em contato pelo telefone (16) 2101-9308.

O Adote Online é uma oportunidade de formação inicial ou continuada para as práticas de orientação, docência, pesquisa e divulgação científica, tudo de maneira indissociável do compromisso social da Universidade: a extensão. Com os vídeos, os participantes apresentarão conceitos das áreas em que atuam e solicitarão uma pequena tarefa no final de cada encontro virtual com alunos do ensino básico de todo o País.

Os vídeos produzidos nos programas anteriores podem ser conferidos no canal da Casa da Ciência no YouTube, neste link.

Casa da Ciência

A Casa da Ciência é um programa do Hemocentro de Ribeirão Preto que desenvolve atividades de ensino de ciências com objetivo de apoiar e aproximar a pesquisa científica de alunos e professores da rede básica de ensino. Coordenada pela professora Marisa Ramos Barbieri, a Casa iniciou suas atividades como parte educacional do Centro de Terapia Celular (CTC), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Acompanhe as mídias digitais da Casa da Ciência: Site, Facebook e Instagram.

.
Texto adaptado de Eduardo Loria Vidal, do Centro de Terapia Celular

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.