Biblioteca Brasiliana da USP oferece software para auxiliar na conservação e restauro de acervos

Ferramenta gratuita e de código livre criada por especialistas faz o cadastramento de fichas e laudos técnicos de itens de conservação para controle e inventários de intervenções de preservação ou de restauro de vários tipos de acervos

 Publicado: 28/10/2021  Atualizado: 09/11/2021 as 19:02
Ferramenta auxilia no controle de ações de conservação e restauro de coleções – Foto: Wikimedia Commons

.
Um sistema informatizado que permite registrar e acompanhar a história de vida de cada obra do acervo de museus, bibliotecas, arquivos e centros culturais em seus mais diversos suportes: livros, fotografias, documentos, obras de arte, diplomas e mapas. Esse é o Banco de Dados da Conservação BBM, software livre e gratuito lançado nesta semana pela Biblioteca Brasiliana (BBM) da USP e disponível para download neste link.

Criado pela equipe do Laboratório de Conservação Preventiva Guita Mindlin (LCPGM) da BBM, ele permite o cadastramento de fichas e laudos técnicos de itens de conservação para controle e inventários em ações de preservação ou de restauro. É considerado único em seu gênero, por reunir em uma única base o armazenamento de informações de acervos de vários tipos. E como o código é livre, também é possível realizar melhorias e adaptações conforme a necessidade de cada instituição.

O banco de dados permite organizar informações descritivas da obra, do seu estado de conservação, os tratamentos a que foi submetida, as condições de acondicionamento, além de fotografias que documentam cada intervenção e outras informações complementares. Com isso, é possível manter uma memória das intervenções e gerar relatórios sobre os processos realizados. O vídeo com um tutorial de utilização do software está disponível neste link.

Telas do Banco de Dados da Conservação BBM – Foto: Reprodução/BBM

.
O lançamento ocorreu com a participação de Andréia Wojcicki Ruberti, responsável pelo laboratório na BBM; Isis Baldini, conservadora-restauradora; Jorge Maurício, desenvolvedor do banco de dados; Mauricio Pereira Nunes, analista de sistemas; e Alexandre Moreli, vice-diretor da Brasiliana.

Durante o encontro foi destacada a importância do software na passagem para o digital das informações de fichas técnicas em papel ou que estão em ferramentas não criadas para este fim, como as planilhas do Microsoft Excel. “Todas as instituições que tenham acervo em papel podem ser beneficiadas”, destacou Isis.

Clique no player abaixo e confira o evento de lançamento:

.
O desenvolvimento do software contou com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (FUSP).

Banco de Dados da Conservação BBM
Código fonte: www.bbm.usp.br/documents/66/bdcon.tgz
Manual de instalação: www.bbm.usp.br/documents/67/INSTALL.txt

.

Com informações da BBM

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.