Alunos da Poli em Santos buscam doações para atender microempresas gratuitamente

A Core Júnior participa de um financiamento coletivo da campanha TransformeSP que oferece consultorias gratuitas durante a pandemia

Campanha TransformeSP busca auxiliar consultorias – Foto: Pixabay

.

Uma empresa júnior da Escola Politécnica da USP em Santos, a Core Júnior, está realizando consultorias gratuitas para pequenos negócios de São Paulo. O atendimento faz parte da campanha TransformeSP, organizada pela Federação de Empresas Juniores do Estado de São Paulo (Fejesp) que irá custear consultorias para microempresas do Estado através de doações.

A campanha tem como propósito ajudar pequenos negócios a enfrentar as consequências econômicas da crise provocada pelo novo coronavírus. Os custos básicos das consultorias são cobertos por meio de um financiamento coletivo, de modo que as empresas inscritas não precisarão pagar o serviço prestado pelas empresas juniores participantes do projeto. Conforme as doações chegam, as empresas são conectadas por ordem de inscrição com as juniores. 

Formada por alunos do curso de Engenharia do Petróleo, a Core Júnior oferece auxílio nas áreas de tratamento estatístico de dados, reestruturação de espaços físicos, modelagem computacional e prototipagem, além de análises geológicas. As primeiras consultorias estão sendo realizadas para empresas como a de Gabriel Oura Chaing, sócio do pai em uma sorveteria no bairro da Liberdade, em São Paulo. Ele conta que sua empresa está sendo atendida por duas empresas juniores. “A Core Júnior está desenvolvendo o website da sorveteria e a InterGestão [empresa júnior de Gestão Empresarial da Fatec de Assis], criando o conteúdo digital e o layout para as redes sociais.” A ideia do projeto é criar contato entre a sorveteria e o consumidor, segundo Bruno Locatelli Fois, estudante de Engenharia de Petróleo e atual presidente da Core Júnior. “O objetivo é atrair mais clientes, garantindo o crescimento da empresa, mesmo nesse momento de crise.”      

Outra empresa que recebeu consultoria da Core Júnior foi o negócio do empreendedor João Prado e de sua mãe. Ele inscreveu a empresa e já obteve resultados. “No dia das mães fizemos campanha nas mídias sociais. Já conseguimos vender mais que no ano passado, quando não tinha toda essa crise.” Antes da consultoria o negócio havia perdido cerca de 70% das vendas.

“Este projeto ajudará tanto empresários a manterem seus negócios durante a crise, como apoiará o desenvolvimento de lideranças universitárias que nos ajudarão a reconstruir nosso país no pós-crise”, comenta Joice Toyota, uma das apoiadoras do TransformeSP. Ela foi presidente da Fejesp quando estava na faculdade e atualmente é diretora da Vetor Brasil. Para ela, além das ações emergenciais e assistencialistas, é necessário incentivar ações de longo prazo.
.

A Core Júnior, empresa júnior dos estudantes de engenharia da Poli. Santos participa da Plataforma Transforme SP – Foto: Reprodução / Transforme SP

.
Atualmente, a campanha TransformeSP possui cerca de 7,9 mil reais arrecadados em doações para auxiliar as consultorias. Mas segundo Lucas Machado, diretor de desenvolvimento da Fejesp, essa quantia permite atendimento de apenas seis das mais de 100 empresas inscritas
Ele relata que o fluxo de doações está mais lento que o ideal, e só será possível prosseguir com o atendimento quando houver verba suficiente para executar os projetos. “Uma pena, pois muitos microempreendedores precisam nesse momento.” 

Para realizar doações à campanha Transforme SP, basta acessar o site , fazer um cadastro inicial e escolher entre os valores possíveis. Todas as pessoas podem contribuir com qualquer quantia. Doações acima de R$ 50 recebem cartas e brindes de acordo com uma tabela disponível no site do projeto.

Sobre as empresas juniores

Uma empresa júnior é uma empresa sem fins lucrativos, gerida por estudantes universitários, que oferece serviços e consultorias com preços abaixo do mercado. Na USP, há empresas juniores atuantes, com respaldo dos docentes da Universidade, em diversos setores. Engenharia, química, administração e comunicação são alguns exemplos.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.