Alimento produzido na USP é doado a famílias de Piracicaba

Projeto da Casa do Produtor Rural, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, doou mais de 500 quilos de batata-doce

Batata-doce produzida na fazenda Areão na USP, em Piracicaba – Foto: Marcela Matavelli

Mais de 500 quilos de batata-doce produzidos na fazenda Areão da USP, em Piracicaba, foram parar nos pratos de famílias em situação de vulnerabilidade social da cidade neste mês de julho. A doação foi feita pelo projeto SolidarESA e contou com o apoio e distribuição de voluntários da UniSocial.

O SolidarESA é uma ação da Casa do Produtor Rural (CPRural) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, realizada desde 2013. Os estudantes da USP têm oportunidade de colocar o conhecimento teórico em prática, participando da produção de alimentos, pesquisas, capacitação de produtores e doação daquilo que produziram.

“É exatamente nestes momentos que mais precisamos cultivar a solidariedade, que traz benfeitorias não somente para aqueles que estão sendo beneficiados pelas nossas ações, mas para todos nós da Casa do Produtor Rural, é um princípio que todos podem colocar em prática”, comenta Marcela Matavelli, coordenadora da CPRural.

O projeto conta com parceria de empresas do setor agrícola que doam produtos e equipamentos para o plantio de determinada cultura. Depois é a vez de estudantes de graduação colocarem a mão na massa com o plantio do alimento na fazenda Areão. Eles recebem acompanhamento de professores e funcionários da Universidade.

Equipe organizou doação para bairros em situação de vulnerabilidade social – Foto: Marcela Matavelli

Todos os anos é definido um tipo de cultura para análise de qualidade e produtividade. A escolha da vez foi a batata-doce Beauregard, um alimento biofortificado e de polpa alaranjada. Ela tem grande quantidade de betacaroteno, sendo fonte de energia, minerais, fibras e vitaminas. As ramas foram obtidas por meio de uma parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) –  Hortaliças.

O plantio teve a orientação dos professores Paulo César Tavares de Melo e Fernando Angelo Piotto, do Departamento de Produção Vegetal da Esalq. Matheus Luis Docema, engenheiro agrônomo da CPRural, coordenou os estudantes no manejo da cultura.

Casa do Produtor Rural

A Casa do Produtor Rural é um centro gratuito de atendimento da Esalq ao produtor rural, que possui ampla atuação no território nacional. Desde a sua fundação, em 2005, ela realizou mais de 3 mil atendimentos técnicos, em diversos Estados brasileiros. O projeto faz parte do Serviço de Cultura e Extensão Universitária (SVCEx) e tem o apoio da diretoria da Esalq, Prefeitura de Piracicaba, Ipecege e da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz – Fealq.

Durante a pandemia, a CPRural também tem ajudado os produtores rurais a tirarem suas dúvidas relacionadas às mais diversas atividades agrícolas. As mensagens podem ser enviadas ao número de Whatsapp (19) 3429-4178 ou pelo e-mail cprural@usp.br

 

Com informações de Marcela Matavelli

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.