Academia Brasileira de Ciências empossa pesquisadores da USP

Dos 18 novos membros titulares, seis são da Universidade

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn207Print this pageEmail
Quinze cientistas brasileiros e três estrangeiros foram eleitos membros pela Academia Brasileira de Ciências – Foto: Cristina Lacerda/ABC

.
A Academia Brasileira de Ciências (ABC) empossou 18 novos novos membros titulares e correspondentes no dia 9 de maio. Entre eles, seis pesquisadores da USP, de seis diferentes áreas.

Fundada em 1916, a ABC é uma entidade independente, não governamental e sem fins lucrativos, que atua como sociedade científica honorífica e contribui para o estudo de temas de primeira importância para a sociedade, visando a dar subsídios científicos para a formulação de políticas públicas. Seu foco é o desenvolvimento científico do País, a interação entre os cientistas brasileiros e destes com pesquisadores de outras nações.

A ABC recebe contribuições de seus membros individuais e corporativos e apoio financeiro de agências governamentais. Com um quadro atual de pouco mais de 700 membros no total, a Academia Brasileira de Ciências é uma das mais antigas associações de cientistas no País e reconhecidamente a mais prestigiosa dessas entidades.

Os novos membros titulares

Foto: Divulgação

Ciências Matemáticas
Luiz Renato Gonçalves Fontes

Professor Titular do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP. É especialista em Processos Estocásticos Especiais, atuando principalmente em Sistemas Estocásticos Interagentes, com contribuições pioneiras na área de Sistemas de Partículas, Percolação, Mecânica Estatística e Meios Aleatórios.
.
.
Foto: Divulgação/SBPC

Ciências Físicas
Antonio José Roque da Silva
Professor Titular do Instituto de Física (IF) da USP e diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron. É especialista em propriedades eletrônicas e de transporte em nanossistemas. Possui trabalhos teóricos pioneiros sobre Nanofios Metálicos e Nanoestruturas, com foco em propriedades de transporte, dinâmica de ruptura e efeitos de impurezas.

 

Foto: IEA

Ciências Químicas
Norberto Peporine Lopes
Professor Titular da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP. É especialista nas áreas de Química de Produtos Naturais e Espectrometria de Massas, e dentre suas mais importantes contribuições destaca-se a descoberta da caramboxina, que teve grande repercussão mundial.

 

Foto: IEA

Ciências Biológicas
Marie-Anne Van Sluys
Professora Titular do Instituto de Biociências (IB) da USP. É especialista em Genética com ênfase em biologia molecular de plantas e bactérias. Suas principais contribuições concentram-se em genômica, reparo de DNA em plantas e elementos de transposição em bactérias e plantas.

 

Foto: Fapesp

Ciências Biomédicas
Rita de Cassia Aleixo Tostes Passaglia
Professora Titular da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP. Tem experiência na área de Farmacologia e Fisiologia Cardiovascular, com contribuições significativas para a descoberta dos mecanismos pelos quais a glicosilação com N-acetilglucosamina, a adipocina chemerina e os
hormônios aldosterona e testosterona contribuem para a disfunção vascular.

 

Foto: SBEM

Ciências da Saúde
Ana Claudia Latronico Xavier
Professora Titular da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Suas pesquisas contribuíram para o conhecimento da tumorigênese adrenal e na identificação e caracterização de defeitos moleculares nos distúrbios puberais de origem genética, até então considerados idiopáticos.

 

 

A lista completa dos pesquisadores empossados pode ser acessada neste link.

Com informações da Academia Brasileira de Ciências

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn207Print this pageEmail

Textos relacionados