Série mostra luta pioneira de LGBTs contra a repressão na ditadura

TV USP lança, dia 28 de junho, Dia do Orgulho LGBT, uma série de vídeos sobre o nascimento do movimento durante o Regime Militar

  • 513
  •  
  •  
  •  
  •  

28 de junho é o Dia do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersex), data que remonta ao ano de 1969, em Nova Iorque, quando pessoas que frequentavam o bar Stonewall Inn, até hoje local com presença de gays, lésbicas e trans, reagiram a batidas policiais que eram realizadas ali.

No Brasil, em 1980 ocorreu a primeira passeata de gays, lésbicas e travestis em protesto às constantes operações policiais ocorridas em São Paulo que visavam reprimir esses grupos.

Com base na tese de doutorado de Renan Quinalha, Contra a moral e os bons costumes: a política sexual da ditadura brasileira (1964-1988), defendida no Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP, a TV USP lança, a partir de hoje, uma série de vídeos sobre o nascimento do movimento LGBT durante o Regime Militar.

Assista ao primeiro vídeo:

Na ditadura, mídias alternativas quebraram tabus sobre LGBTs

Grupos se organizaram para combater opressão aos LGBTs na ditadura

Ser mulher e homossexual causava dupla discriminação entre LGBTs

  • 513
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados