Trio formado no interior de São Paulo conta a história da música caipira

Composto por Pedro Henrique Gava, Araê Cainã e Adriel Job, o trio traz releituras de compositores como Chiquinha Gonzaga, Tião Carreiro e Bambico

Fino da Roça – Foto:

O programa Revoredo desta semana apresenta o trabalho do trio O Fino da Roça, composto por Pedro Henrique Gava, na viola caipira, Araê Cainã, violão de sete cordas, e Adriel Job, na percussão. Nas obras, o grupo conta a história da música caipira por meio de releituras de compositores como Chiquinha Gonzaga, Tião Carreiro e Bambico. 

Adriel Job é natural de Guaxupé, Minas Gerais. Entrou no universo musical ainda na infância, aos seis anos de idade. Aos 15 anos ingressou no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí, onde, além do pandeiro, aprendeu outros instrumentos brasileiros de percussão. Mais tarde, em 2014, fundou  a Orquestra de Choro Campineira.

Já Araê Cainã iniciou os estudos de violão erudito na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo.  Depois, conheceu a roda de samba e se aprofundou em seus estudos no curso de Choro no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí. Atualmente faz parte dos grupos Samba dos Amigos (Atibaia), Bumbo do Japi e Trio Pandeon. 

Enquanto isso, Pedro Henrique Gava é formado em Marketing e Propaganda. Natural de Itatiba, ele atua no universo da música desde os 17 anos. Estudou viola caipira na Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp) Tom Jobim e atualmente participa como integrante dos grupos de música popular: Grupo Manuí e Orquestra Filarmônica de Violas, em Campinas. Também é  músico e produtor do trio O Fino Roça e Banda Namoradeira. 

No programa tem as músicas: Alvoradinha; Brincando com a viola; Corta jaca; Viola chic chic; Saudades de Matão; Pingo d’água; Tristeza do Jeca; Rio de Lágrimas.    

Ouça no player acima o programa Revoredo na íntegra.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.