Tecnologia é importante para o esporte, mas exagero atrapalha

Em muitos aspectos do treino voltar às raízes, na forma de realizar as atividades esportivas, pode ser muito positivo, diz colunista

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre as implicações negativas da ciência e da tecnologia no esporte. 

Segundo o professor, apesar da importância da ciência e tecnologia no esporte para a formação e evolução dos atletas, quando usada de forma exagerada pode gerar uma relação de dependência aos dispositivos. Fato que pode ser percebido até mesmo no dia a dia de atletas amadores que têm acesso aos smartwatch, por exemplo.

Na opinião de Santiago, resgatar costumes do passado para a prática do esporte pode ser bastante positivo e ainda diminuir os efeitos negativos da dependência da ciência e tecnologia nos atletas. O mais importante deve ser a prática esportiva e a obtenção de seus benefícios. 

Os ouvintes podem participar da coluna Ciência e Esporte, sugerindo temas ou enviando questões para as próximas edições pelo e-mail ou através de comentários no canal da coluna no YouTube. A única restrição é que sejam temas relacionados à ciência e esporte.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.