Sedentarismo eleva gasto com saúde pública

Pesquisa cruzou dados econômicos e de saúde de 144 países para compreender esse custo

Se as pessoas praticassem mais atividade física, haveria uma economia considerável para o sistema de saúde mundial. Uma pesquisa apresentou este custo levando em consideração dados econômicos e populacionais de 144 países. Problemas de saúde causados pelo sedentarismo custaram ao mundo cerca de 67 bilhões de dólares, maior que o Produto Interno Bruto (PIB) de muitos países. Vamos ouvir detalhes sobre esse assunto na coluna Corpo e Movimento.


Corpo e Movimento
A coluna Corpo e Movimento, com o professor José Carlos Farah, vai ao ar toda segunda-feira às 8h00, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP. 

.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.