Riscos com drogas e álcool são muito semelhantes aos da covid-19

O colunista João Paulo Lotufo faz um paralelo entre a covid-19 e o uso de álcool e drogas, valendo-se para isso do negacionismo como parâmetro

 16/03/2021 - Publicado há 9 meses
Por

Estamos vivendo um ciclo perigoso da covid-19, justamente neste momento quando as pessoas já estão cansadas de evitar o contato, relaxando no uso de máscaras – ou não usam ou colocam no queixo – e na higiene com álcool gel. Tudo isso faz com que a situação fique bastante complicada e facilite o contágio da doença. O fato é que o vírus paira no ar e não se pode relaxar, as pessoas estão cansadas, mas ele não.

Com as drogas, a situação ocorre de forma similar; o uso da maconha muitos acreditam que não vai viciar nem deixar sequelas. No caso do álcool, a mesma ideia, uma noite só não deixa ninguém viciado, enfim, o mesmo negacionismo da doença e seus efeitos maléficos. Segundo João Paulo Lotufo, é claro que não é todo mundo que usar a maconha que vai ficar viciado, da mesma forma que nem todas as pessoas que vão para a balada contrairão covid-19. As sequelas da maconha são irreversíveis, o mesmo ocorre com o novo coronavírus: ao pegar a doença, é impossível prever que consequências ela pode trazer para o seu corpo. Por isso, cuide-se, você é responsável pelo que faz e pelos efeitos desses atos, aconselha o colunista.


Dr. Bartô e os Doutores da Saúde
A coluna Dr. Bartô e os Doutores da Saúde, com o médico assistente do Hospital Universitário da USP João Paulo Lotufo, vai ao ar toda terça-feira às 09h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.