Suicídio e suas causas são tema do “USP Analisa”

Falar sobre suicídio foi considerado um tabu durante muito tempo. Atualmente, com o crescimento das mortes entre jovens em decorrência

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Falar sobre suicídio foi considerado um tabu durante muito tempo. Atualmente, com o crescimento das mortes entre jovens em decorrência desse problema, o tema passou a ser mais abordado como forma de prevenção. Para discutir esse assunto, o USP Analisa desta semana recebe a professora da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP Kelly Graziani Giacchero Vedana.

Ela explica que o suicídio tem múltiplas causas, tanto entre adultos quanto jovens. Enquanto transtornos mentais, histórico de violência e doenças incuráveis são desencadeadores do problema na população em geral, fatores como bullying, impulsividade e dificuldade de lidar com as próprias emoções aparecem entre as faixas etárias menores. “O sofrimento não tem cara e quando a gente olha para um adolescente cheio de vida, bonito, com várias características que muitas vezes não revelam esse sofrimento, a identificação fica mais difícil“, afirma a docente.

Além da prevenção, ela destaca a necessidade de suporte às famílias que perderam um ente em virtude de suicídio. “Na nossa sociedade, hoje, temos uma grande dificuldade de lidar com assuntos que envolvem a morte, o suicídio e o luto relacionado ao suicídio. Ele ainda é mais complexo que outras formas de luto. A pessoa que perde alguém está diante de dois tabus: a morte e o suicídio. Às vezes, as outras pessoas próximas se afastam um pouco por não saberem como lidar. Essa pessoa precisa ser apoiada, porque a tendência é que a dor dela se torne, sim, mais suportável, que ela consiga ressignificar, lidar com aquela experiência e seguir em frente”. 

O USP Analisa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP.

Ouça a entrevista na íntegra no link acima.

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados