Série especial de “Manhã com Bach” apresenta cantatas de Natal

Nos cinco fins de semana de dezembro, programa apresentará as 11 cantatas de Natal preservadas de Bach

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
A Saint Thomas Kirche, a Igreja em Leipzig em que Bach atuou como diretor de música durante 27 anos e onde foi apresentada pela primeira vez a maioria das cantatas de Natal do compositor – Foto: Roberto C. G. Castro

O programa Manhã com Bach apresentará, nos cinco fins de semana de dezembro de 2017, as 11 cantatas preservadas de Bach que têm como tema o Natal, uma das datas máximas do cristianismo, símbolo do nascimento de Jesus Cristo.

Essas obras foram compostas para as comemorações do Natal de 1723, 1724 e 1725, em Leipzig, na Alemanha, e estão entre as mais belas expressões da arte cristã relacionadas ao nascimento de Jesus Cristo (confira abaixo a programação completa da série).

Nos dias 2 e 3 de dezembro, o programa exibiu as cantatas Christen, ätzet diesen Tag (BWV 63) e Gelobet seist du, Jesu Christ (BWV 91).

Ouça nos links acima a íntegra do programa.

“Cristãos, gravai este dia”

A cantata Christen, ätzet diesen Tag, “Cristãos, gravai esse dia” (BWV 63), tem uma origem não muito bem definida. Ela parece ser do tempo em que Bach trabalhou na corte de Weimar. É possível que ela tenha sido apresentada pela primeira vez no Natal de 1713 na cidade de Halle. E ela foi exibida também em 25 de dezembro de 1723 em Leipzig.

Ela celebra o Natal de forma muito festiva, principalmente no primeiro movimento, que convoca os cristãos a gravar em metal e mármore o memorável dia do nascimento de Cristo e, com lábios felizes, demonstrar gratidão a Deus pela vinda da luz da bênção.

No programa, ela foi executada pelo Tölzer Knabenchor, sob direção de Gerhard Schmidt-Gaden, e pelo Concentus Musicus de Viena, sob a regência de Nikolaus Harnoncourt.

“Louvado sejas tu, Jesus Cristo”

A cantata Gelobet seist du, Jesu Christ, “Louvado sejas tu, Jesus Cristo” (BWV 91), foi apresentada pela primeira vez em 25 de dezembro de 1724, em Leipzig. Ela está baseada parcialmente num hino do reformador Martin Lutero, que, na sua primeira estrofe, afirma:

       Gelobet seist du, Jesu Christ,                                     Louvado sejas tu, Jesus Cristo,

       Dass du Mensch geboren bist                                   Que nasceste homem

       Von einer Jungfrau, das ist wahr;                          De uma virgem, isso é verdade

       Des freut sich der Engel Schar.                                Por isso a multidão de anjos se alegra

Em Manhã com Bach, essa cantata foi interpretada pelo Collegium Vocale, de Gent, na Bélgica, sob a regência de Philippe Herreweghe.

Série especial

Confira a seguir a programação completa da série especial com cantatas de Natal de Bach que será apresentada em dezembro no programa Manhã com Bach, da Rádio USP, sempre às 9 horas. A sigla BWV se refere a Bach Werke Verzeichnis (Catálogo das Obras de Bach), que numera de 1 a 1.127 todas as músicas compostas pelo compositor.

Dias 2 e 3 de dezembro:

Christen, ätzet diesen Tag, “Cristãos, gravai este dia” (BWV 63)

Gelobet seist du, Jesu Christ, “Louvado sejas tu, Jesus Cristo” (BWV 91)

Dias 9 e 10 de dezembro:

Unser Mund sei voll Lachens, “Nossa boca está cheia de sorrisos” (BWV 110)

Selig ist der Mann, “Bem-aventurado é o homem” (BWV 57).

Dias 16 e 17 de dezembro:

Ehre sei Gott in der Höhe, “Honra a Deus nas alturas” (BWV 197a)

Gloria in excelsis Deo, “Glória a Deus nas alturas” (BWV 191)

Christum wir sollen loben schon, “Nós devemos louvar Cristo já” (BWV 121)

Dias 23 e 24 de dezembro:

Darzu ist erschienen der Sohn Gottes, “Para isso surgiu o Filho de Deus” (BWV 40)

Sehet, welch eine Liebe hat uns der Vater erzeiget , “Vede que amor ele nos demonstrou” (BWV 64)

Süßer Trost, mein Jesus kömmt, “Doce consolação, meu Jesus vem” (BWV 151)

Dias 30 e 31 de dezembro:

Ich freue mich in dir, “Eu me alegro em ti” (BWV 133)

 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados