Contaminação das águas com hormônios prejudica vida aquática

Pesquisadora alerta que o crescimento desenfreado da economia afetou o planejamento das cidades e o saneamento básico

O programa Ambiente É o Meio desta semana traz entrevista com a professora Cassiana Montagner, coordenadora do Laboratório de Química Ambiental do Instituto de Química da Universidade de Campinas (Unicamp).

Cassiana diz que “o crescimento econômico, principalmente no Estado de São Paulo, está diretamente ligado a uma falsa ideia de desenvolvimento”. Para a professora, planejamentos para tratamento e preservação das águas, como saneamento básico, por exemplo, acabaram sendo deixados de lado.

Ainda sobre tratamento e preservação das águas, Cassiana alerta que os reais efeitos dos contaminantes, como hormônios, ainda não são conhecidos, mas já se sabe que estão prejudicando tanto a vida aquática quanto a vida humana. “Com a falta de tratamento de esgoto e saneamento básico, esses hormônios estão sendo liberados no ambiente e no rios, sem nenhum controle.”

Por: Vitória Junqueira

 

 

Textos relacionados