As pessoas não entendem as doenças mentais

Apesar de todos os estudos e pesquisas, os problemas emocionais ainda são pouco compreendidos pelo paciente e pela família

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A humanidade sempre teve dificuldade em lidar com as diferenças, com  dissonâncias do senso e convivência comum, com a evolução do tratamento psiquiátrico, com o entendimento das doenças mentais. Por isso, a cura ainda é um desafio.

O psiquiatra Ricardo Amaral, médico do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas e do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, esclarece a necessidade de paciente e família compreenderem os problemas emocionais e fala sobre a importância do acompanhamento do tratamento.

Produção e apresentação: Cido Tavares

Mais informações: cidotavares@usp.br

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •