“Ambiente É o Meio” e o decreto que extinguiu a Renca

Ativista ambiental fala dos impactos que a liberação da exploração mineral pode causar na Amazônia

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O programa Ambiente É o Meio desta semana traz entrevista com Telma Monteiro, blogueira de questões ambientais, ativista e ambientalista. Telma explica o que é a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) e os impactos do decreto, assinado pelo Presidente Michel Temer, que permitiria a exploração mineral por empresas privadas na área da Amazônia.

A Renca foi criada em 1984 por um decreto do general João Baptista Figueiredo e se localiza no nordeste da Amazônia, na fronteira entre o Pará e o Amapá. Os minerais encontrados na área possuem grande valor internacional, pois as jazidas são ricas em cobre, ferro, ouro, titânio, tântalo e tungstênio, considerados minerais nobres.

Segundo Telma, a exploração vai gerar conflitos entre a atividade de mineração, a conservação da biodiversidade, e os direitos dos povos indígenas e das comunidades tradicionais e podem resultar em ações potencialmente devastadoras para o ecossistema e as populações locais.

Por: Vitória Junqueira

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados