A importância da reciclagem de alimentos

Pesquisadora Gina Rispa Rezende fala sobre a compostagem, prática que valoriza a matéria orgânica

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Clique aqui para fazer o download

O programa Ambiente É o Meio desta semana traz entrevista com a pesquisadora Gina Rispa Rezende, do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da USP, que fala sobre a reciclagem de matéria orgânica.

Segundo a pesquisadora, a geração de resíduos e rejeitos é muito alta e a população tem pouca informação sobre como descartar e reciclar. Cerca de 50% do “lixo” gerado é matéria orgânica, 30% são materiais potencialmente recicláveis (como papel e plástico) e 20% são de outros materiais como madeira e resíduos eletrônicos.

Para Gina, essa quantidade de matéria orgânica é resultado do desperdício de alimentos e a sociedade precisa de uma maior consciência de como reaproveitar esses resíduos, que podem ser transformados em composto e adubo natural de alta qualidade para plantas.

No programa, ela também ressalta a importância dos catadores de reciclagem e das cooperativas de catadores, que fazem um trabalho de risco que não é valorizado. Portanto, diz, a sociedade precisa transformar a coleta seletiva em prática de sustentabilidade.

Por: Vitória Junqueira

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados