Questão religiosa está ligada à vida íntima das pessoas

Renato Janine fala do atentado contra o humorístico Porta dos Fundos e lembra que vivemos numa sociedade laica, que separa o público do privado

Na primeira coluna Ética e Política de 2020, o professor Renato Janine Ribeiro comenta o atentado contra a produtora do humorístico Porta dos Fundos, ocorrido no final do último mês de dezembro. O programa fez um vídeo em que Jesus é retratado como gay, fato que causou incômodo em muitas pessoas.

O colunista diz que, em uma sociedade democrática, esse tipo de expressão é livre e aceitável porque a questão religiosa está ligada à vida íntima das pessoas. Ele lembra que a sociedade laica separou a parte pública – em que convivemos com as nossas diferenças – da parte privada – em que eu creio em Deus e você não, ou eu creio em um Deus e você, em um outro. E isso não é um problema, pois deve haver respeito mútuo nas relações. Mas essa reciprocidade não significa que as pessoas devam deixar de fazer algumas coisas porque incomoda alguns – a menos que efetivamente cause algum dano às outras pessoas. “Simplesmente ser incomodado por algo não é suficiente para a gente calar a boca de quem incomoda”, diz o colunista.

Para Renato Janine, estamos vivendo em uma sociedade mais intolerante, onde o ódio, o conflito e a agressão se tornaram maiores. Ele também lembra das fake news, que divulgam muitas coisas falsas e absurdas via WhatsApp. “A falta de espírito crítico por parte de quem recebe esse tipo de coisa e a falta de decência de quem expressa certas calúnias e difamações criam um verdadeiro barril de pólvora. Nós estamos em uma situação no Brasil em que a qualquer momento tudo isso pode explodir”, alerta. Para o colunista, é preciso reaprender a conversar, a dialogar, e aqueles que não sabem fazer isso precisam aprender a fazê-lo.

Ouça, no link acima, o áudio na íntegra da coluna Ética e Política.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.