“Qualquer que seja o vencedor, o legado dos anos Trump permanecerá”

Afirma Marília Fiorillo: “Não há América das liberdades civis, mas sua caricatura: a pátria da intolerância, das fraudes e da turbulência”

 06/11/2020 - Publicado há 1 ano

Marília Fiorillo destaca, na coluna Conflito e Diálogo desta semana, que falta pouco para que o democrata Joe Biden vença as eleições norte-americanas e para que “o mundo civilizado suspire de alívio. Mas, entre ganhar e levar, ainda haverá muitas surpresas”. Para a colunista, a estratégia utilizada por Trump é de “tumultuar”, com seu desejo de exigir a recontagem de votos em alguns Estados.

No plano internacional, o Irã prefere a vitória de Biden para retomar a negociação do acordo nuclear boicotado por Trump. A Europa também ganha com a eleição do democrata, conseguindo uma melhor gestão nas questões ambientais e de combate à covid-19.  Sobre a China, “nada indica que Biden será mais maleável no que concerne à guerra comercial ou à corrida tecnológica com a China”. As previsões sobre a presença de tropas estadunidenses em outros países são incertas. Para Marília, o Afeganistão e sua duradoura guerra, por exemplo, perde com ambos os candidatos.

“Qualquer que seja o vencedor, o legado dos anos Trump permanecerá. Não há América das liberdades civis, mas sua caricatura: a pátria da intolerância, das fraudes e da turbulência.” Isso se confirma na frase descrita na camiseta dos simpatizantes de Trump: “Prefiro ter covid-19 do que Biden 20”, pontua Marília.


Conflito e Diálogo
A coluna Conflito e Diálogo, com a professora Marília Fiorillo, vai ao ar toda sexta-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.