“Procurar compreender a verdade à medida que as revelações são feitas”

André Singer sugere cautela para avaliar os últimos fatos e informações ligados à morte da vereadora Marielle Franco

Na coluna de hoje (31), o cientista político e professor André Singer comenta o grande destaque dado pela mídia sobre a fala do porteiro do condomínio do presidente Jair Bolsonaro. Para o professor, essa situação é muito grave e delicada. “É preciso entender porque o porteiro deu um depoimento que não é confirmado pelos registros gravados. Estamos falando de um assassinato político da vereadora Marielle Franco.”

Segundo as últimas informações, um dos acusados pelo assassinato da vereadora reside no mesmo condomínio do presidente da República, o que pode ser uma mera coincidência e não ter nenhuma relação. No entanto, destaca o professor, essas informações geram especulações.

Singer ressalta a importância de nenhuma afirmação ser feita de maneira precipitada e sugere que todos nós sigamos as informações atentamente e procurando compreender a verdade, que vai aparecendo à medida que as revelações são feitas. “O que existe é um processo de muitos fatos que precisam ser acompanhados com bastante atenção e no momento não temos nenhuma conclusão”, pontua.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Poder e Contrapoder.


Poder e Contrapoder
AA coluna Poder e Contrapoder, com o professor André Singer, vai ao ar toda quinta-feira às 9h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.