Política externa do Brasil ainda precisa de mudanças reais

A ideologia ainda prevalece como condutora da política externa adotada pelo Itamaraty

A principal linha da política externa brasileira é o alinhamento com o governo dos Estados Unidos e Donald Trump, medida essa que isola o Brasil do restante do mundo. Na América Latina, o Mercosul celebrou o acordo de  livre comércio, com a condição de que o Brasil não saísse do Acordo do Clima de Paris. Além disso, o País enfrenta algumas crises com países europeus, como a Alemanha, que suspendeu o envio de recursos para o Fundo Amazônia Investimentos. Segundo o professor Alberto do Amaral Jr., a situação pode piorar sobremaneira com o resultado das eleições nos EUA, dependendo do futuro presidente eleito –  se for um  democrata, como Joe Biden ou Bernie Sanders, o Brasil terá sérias dificuldades.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Um Olhar sobre o Mundo
A coluna Um Olhar sobre o Mundo, com o professor Alberto Amaral, vai ao ar toda terça-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.