Pesquisa avalia eficácia da teleaula no aprendizado esportivo

Segundo Paulo Santiago, as pesquisas em ciência do esporte e ensino a distância devem crescer consideravelmente em 2020

A utilização de ferramentas virtuais e teleinstrução no esporte é o tema da coluna Ciência e Esporte desta semana. O professor Paulo Roberto Santiago fala sobre o projeto de mestrado que seu aluno Abel Gonçalves Chinaglia desenvolve, com coorientação de seu colega neurocientista, o professor Norberto Garcia-Cairasco, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

O estudo consiste na medição do chute dado por uma criança antes e depois de assistir a uma videoaula, ensinando a executar o movimento no futebol. Entre as avaliações, Chinaglia deve medir também a atenção da criança. “As crianças ficam muito atentas e ficam muito presas à tela de celular, à tela de computador, então, por que não verificar como é isso para o ensino do gesto motor para o esporte”, diz Santiago.

Ele explica ainda que os níveis de atenção serão detectados pelo monitoramento da atividade cortical (referente ao córtex, área do cérebro) por meio de eletroencefalograma. Para isso, o projeto conta com a coorientação do professor Cairasco. Então, o estudo é uma parceria entre neurociência e esporte.

Essa pesquisa, sobre aprendizagem esportiva por videoaula, é vista pelo professor Santiago como oportuna nesta época de vida com a pandemia da covid-19. E, acredita Santiago, as pesquisas em ciência do esporte e ensino a distância devem crescer consideravelmente em 2020. Como exemplo, cita a startup Sensorial Sports, que é financiada pela Fapesp.

Sobre as perspectivas futuras do projeto de seu aluno, o professor diz que são boas, já que ele começou em julho de 2019, muito antes da pandemia, e recebeu investimento da Capes (bolsa de mestrado). “A demanda e a necessidade desse tipo de pesquisa são extremamente relevantes. Já era e agora passa a ter mais importância.”

Ouvintes podem sugerir temas ou enviar questões para as próximas edições da coluna por e-mail ou através de comentários no canal da coluna no YouTube. A única indicação é que a sugestão seja relacionada a ciência e esporte. 

Ouça no player acima a íntegra da coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.