Periferia de São Paulo é a mais afetada pela covid-19

Segundo Raquel Rolnik, a identificação por geolocalização poderia criar ações específicas para os pontos da cidade mais atingidos pela pandemia

Os relatórios divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde assustam, principalmente, porque indicam que as mortes em consequência da pandemia de coronavírus ocorrem nos distritos periféricos da cidade de São Paulo. A professora Raquel Rolnik alerta para o fato de que em outros Estados é possível ter relatórios mais informativos dos que os produzidos aqui, na capital. A precisão  desses documentos facilitaria o poder público na identificação por geolocalização, podendo criar ações específicas e pontuais nos locais mais atingidos pelo coronavírus.

Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.