Paço das Artes tem nova sede e novos rumos

A instituição faz 50 anos em nova sede no bairro de Higienópolis. Comemora apresentando mostra de Regina Silveira

Na coluna desta semana, Martin Grossmann comenta a inauguração do Paço das Artes. Segundo ele, parece que agora é o espaço definitivo da instituição cultural, que teve uma relação direta com a USP quando instalado dentro do campus da Cidade Universitária entre 1994 e 2016. Nesse período, o Paço das Artes foi utilizado por estudantes e professores da USP, incluindo o próprio Grossmann.

O professor explica que a a instituição se destacou como um espaço alternativo de contraponto dos museus, galerias e outras instituições. “Criado em 1970, com sede na Avenida Paulista, foi transferido, ainda na década de 70, para a Pinacoteca do Estado, e também foi por um bom tempo parceiro do Museu da Imagem e do Som (MIS), até chegar à USP. Ao sair da Universidade, voltou ao MIS, mas sem um espaço de fato para exposições”, conta Grossmann. “Agora, o Paço das Artes está abrigado em um casarão de estilo europeu, dos anos 1930, ao lado do Shopping Higienópolis. No último dia 25 de janeiro, inaugurou sua programação com uma mostra da artista Regina Silveira, com curadoria de Priscila Antunes, diretora da instituição.”


Na Cultura, o Centro está em Toda Parte
A coluna Na Cultura o Centro está em Toda Parte, com o professor Martin Grossmann, vai ao ar toda quarta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.