Novos modelos de jornalismo podem surgir com epidemia da covid-19

Para Carlos Eduardo Lins da Silva, os esforços dos jornalistas não correspondem com as dificuldades financeiras que os veículos enfrentam nesse contexto

Na coluna Horizontes do Jornalismo desta semana, Carlos Eduardo Lins da Silva comenta sobre como os efeitos danosos da covid-19 na economia mundial podem afetar o jornalismo. Para ele, essa situação afeta a indústria do jornalismo, assim como afeta praticamente todos os setores da economia. “No caso especificamente do jornalismo”, cometa o jornalista, “o cancelamento de eventos é um dos problemas mais sérios para empresas que fazem dessa atividade uma fonte de renda importante”.

Alguns setores da economia, como de transportes e de companhias aéreas, são anunciantes importantes nos veículos jornalísticos, que passam a apresentar uma “queda no faturamento publicitário, como o The New York Times, que prevê uma queda de 10% dessa fonte de renda neste trimestre”, aponta Lins da Silva. A entrega doméstica do jornal impresso também fica afetada pelos desdobramentos que estão ocorrendo em função do coronavírus, “sem contar uma recessão econômica que virá para a maioria dos países, o que também prejudicará ainda mais a situação do jornalismo no mundo”, completa o professor.   

No entanto, os problemas oferecem a oportunidade de se fazer “coisas novas, diferentes e úteis”, como indica Lins da Silva. Ele sugere que os veículos jornalísticos se unam em uma espécie de “supereditoria de cobertura do coronavírus, que se coloquem desafios conjuntos e depois publiquem os resultados das apurações, cada um a seu modo, da maneira como preferirem”, completa o jornalista. 


Horizontes do Jornalismo
A coluna Horizontes do Jornalismo, com o professor Carlos Eduardo Lins da Silva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.