Na terceira idade, catarata é tão comum quanto as rugas

Com o avanço da idade, a doença surge por conta de modificações sofridas na lente natural dos olhos, o que causa visão embaçada

Nesta edição da coluna Fique de Olho, o professor Eduardo Rocha fala sobre catarata, os melhores tipos de tratamento e as preocupações da população acerca da doença.

O professor explica que, assim como as rugas, com o passar dos anos, a catarata pode ocorrer com qualquer indivíduo. A doença surge devido às modificações sofridas nas lentes naturais, localizadas dentro dos olhos, que ficam opacas com o envelhecimento do paciente e causam a visão embaçada.  

Segundo Rocha, cirurgias devem ser realizadas quando a catarata começa a incomodar e a atrapalhar a autonomia dos indivíduos no cotidiano. A cirurgia vem sendo feita nos últimos anos com tecnologia a laser, mas, segundo o professor, estudos feitos na China e na França mostram que, comparativamente, a precisão de médicos cirurgiões é semelhante à do laser. 

Ouça no player acima a íntegra da coluna Fique de Olho.


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar toda quarta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.