Músico mineiro abandonou o violino para se dedicar à viola caipira

Conhecido como o responsável por trazer o instrumento aos concertos, Renato Andrade é considerado o mestre da viola caipira instrumental 

O programa Revoredo desta semana apresenta o trabalho do violeiro Renato Andrade. Considerado um dos mestres da viola caipira instrumental, foi o primeiro a trazer a viola caipira para o universo das salas de concertos.  

O mineiro, nascido na cidade de Abaeté, mudou-se ainda jovem para Belo Horizonte e estudou violino com o mestre Flausino Rodrigues Vale. Quando voltou à sua cidade natal, abandonou o instrumento para se dedicar de forma integral à viola caipira. Em suas obras, interpreta compositores brasileiros como Guerra-Peixe e Francisco Mignone. 

Ao longo de sua carreira, trabalhou ao lado de músicos como Chico Lobo, Ivan Vilela, Almir Sater, Pereira da Viola, Helena Meirelles e Roberto Corrêa. Em sua música integra o estilo erudito dos concertos à simplicidade da música caipira. No programa tem as músicas: Siriema no Campo; Viola e suas Variações; Folia de Reis; Literatura de Cordel; O Jeca na Estrada; Viola de Cego; Modo Perpétuo Caipira e Luar do Sertão.  

Ouça no player acima o programa Revoredo na íntegra. 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.