Chegou a hora de reinventar o dinheiro, diz Schwartz

Para o colunista, essa pode ser a oportunidade para quebrar o monopólio e admitir maior liberdade na criação e circulação de meios de pagamento

Seria possível, em meio a esta crise sem precedentes na história do capitalismo, reinventar o próprio dinheiro? Para Schwartz, as respostas a esta crise, que é social, epidemiológica e econômica, mesmo no “Brasil de Bolsonaro e seus sectários”, representam o abandono, ainda que emergencial, de princípios e regras supostamente eficazes de política econômica e gestão da confiança nos mercados. Essa pode ser a oportunidade para quebrar o monopólio e admitir maior liberdade na criação e circulação de meios de pagamento.
O professor Gilson Schwartz lembra que “esse abandono temporário e relativo de princípios clássicos de responsabilidade fiscal poderia ser o primeiro passo de uma reinvenção mais profunda das regras que ordenam a criação e circulação de dinheiro”.
Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.

Saiba mais no http://sites.usp.br/Iconomia


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.