Mudanças climáticas já causam cerca de 1% das mortes no Brasil, diz colunista

Paulo Saldiva cita estudo desenvolvido por pesquisadores da USP, o qual avaliou dados de 15 anos de 732 cidades e constatou que 1% das mortes no Brasil já são ocasionadas pelo impacto climático

 26/04/2021 - Publicado há 7 meses

Na coluna Saúde e Meio Ambiente desta semana, Paulo Saldiva discute os efeitos da mudança climática já perceptíveis. O colunista cita estudo desenvolvido por pesquisadores da USP, o qual avaliou dados de 15 anos de 732 cidades e constatou que 1% das mortes no Brasil já são ocasionadas pelo impacto climático. O número chega até 3% em cidades da Europa Central.

Conforme Saldiva, o estudo foi publicado na revista científica Nature Climate Changes. Ao mostrar os impactos climáticos na saúde humana, a pesquisa pode ajudar numa tomada de decisão para diminuir as emissões dos gases de efeito estufa, “porque, no caso da vida humana, há uma questão não só moral, mas humanitária, de evitar mortes. Também pode se colocar preço nisso. Preço das internações e preço da capacidade produtiva perdida por morrer antes do tempo. A coisa já está acontecendo. Os efeitos já acontecem dentro das nossas casas e das nossas cidades”.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.