Moradia é essencial neste momento de crise

As condições de moradia nem sempre preenchem os requisitos necessários para quem necessita de isolamento num momento de crise como o que estamos vivendo, diz a colunista

Neste momento de isolamento social, provocado pela pandemia de coronavírus, as condições de moradia assumem uma importância fundamental. Nos Estados Unidos, assim com em vários países europeus e também em Cingapura, várias cidades já decretaram proibições de despejo e de remoção. É uma questão de lógica: como colocar pessoas nas ruas neste momento de crise?, indaga a professora Raquel Rolnik. “Começa a haver também uma movimentação da sociedade civil no sentido de uma moratória de aluguel para a população que tem renda mais baixa.”

Aqui, no Brasil, apresenta-se o desafio de obter condições adequadas de isolamento em moradias que nem sempre  preenchem os requisitos necessários em sua precariedade – falta de água encanada, esgoto, energia etc., além de superlotação. Raquel Rolnik admite que a situação é complexa, já que “apenas metade dos domicílios no Brasil tem essa condição mais adequada para o isolamento”. Diante disso, foi lançada, por organizações da sociedade civil, uma campanha para mobilizar quartos vagos em hotéis, que assim serviriam, temporariamente pelo menos, de abrigo para aqueles que mais necessitam de isolamento neste momento de crise. Já há iniciativas nesse sentido.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Cidade para Todos
A coluna Cidade para Todos, com a professora Raquel Rolnik, vai ao ar toda quinta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.