Metaverso pode revolucionar mundo dos esportes e da ciência

Professor prevê uma verdadeira realidade paralela implementada pelos e-games, a qual deve contaminar a ciência do esporte nos próximos dois anos

 10/12/2021 - Publicado há 2 meses

Nesta edição da coluna Ciência e Esporte, o professor Paulo Santiago discute os possíveis impactos do chamado “metaverso” na ciência do esporte. Ao contrário dos que não acreditam na nova onda, Santiago vê todas as áreas, mais particularmente a dos jogos, sendo afetadas pelas novas tecnologias que virão embaladas pelo metaverso ainda nos  próximos dois anos. Para melhor abordar o assunto, o professor indica dois artigos, What does the metaverse mean for sport? e A inevitabilidade do Metaverse e o que fará, que explicam como o metaverso pode revolucionar o esporte.

Das plataformas dos games para uma verdadeira experiência virtual nos esportes, o professor afirma que existe apenas “um pequeno passo”. Logo depois, a ciência, cientistas e experimentos esportivos devem adotar as ferramentas do metaverso, antecipa Santiago, afirmando que pesquisadores da área devem se voltar para a plataforma, conforme cresça o interesse público pela novidade. “Após o anúncio de Mark Zuckerberg sobre o Metaverse, já foram publicados três artigos no site PubMed sobre como a plataforma pode melhorar nos treinos, trazer novos conhecimentos e como se situar no metaverso. Daqui em diante, muito mais pesquisas de ciência do esporte relacionadas ao Metaverse serão desenvolvidas”, prevê.

Sobre o mundo dos e-sports, o professor Santiago acredita em benefícios expressivos, com a possibilidade de ganharem o mesmo nível de relevância dos esportes tradicionais. O mundo dos esportes, segundo o professor, vai se aproximar ainda mais da realidade apresentada no filme Jogador Nº 1, de Steven Spielberg, em que as pessoas criam avatares e competem em campeonatos on-line em troca de prêmios virtuais.

Para quem gosta do tema, a coluna Ciência e Esporte está aberta a sugestões de temas para as próximas edições, que podem ser feitas pelo e-mail ou através de comentários no canal da coluna no YouTube. A única restrição é que sejam relacionadas à ciência e ao esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.