Meio ambiente não é destaque nas campanhas para prefeito

Paulo Saldiva afirma que as atuais propostas mostram “uma total falta da visão integrada entre a gestão urbana e seu ecossistema”

 19/10/2020 - Publicado há 1 ano

Saúde urbana, segundo o professor Paulo Saldiva, é um conceito que se modificou ao longo dos anos. Atualmente, pode ser descrito como um “conjunto de ações que melhorassem a funcionalidade e a sustentabilidade do complexo ecossistema urbano”. Na coluna Saúde e Meio Ambiente desta semana, Saldiva explica que é necessário que as “cidades vivam e promovam seu próprio meio ambiente, e não viver às custas do meio ambiente já tão exaurido”, assim, os seres humanos irão favorecer não só outras espécies, como irão obter benefícios próprios.

O colunista conclui comentando a ineficiência dos planejamentos e projetos para o meio ambiente dos candidatos à Prefeitura de São Paulo. “Quando se olha as propostas, percebe-se uma total falta da visão integrada entre a gestão urbana e seu ecossistema.” O professor ainda faz um apelo para que alguns desses candidatos “reformulem a sua política e considerem que a preservação do meio ambiente urbano, na sua integralidade, vai favorecer a todos nós e tornar nossa cidade mais habitável e mais sustentável”.

Ouça a coluna na íntegra pelo player acima.


Saúde e Meio Ambiente
A coluna Saúde e Meio Ambiente, com o professor Paulo Saldiva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.