Meio ambiente assumirá importância fundamental no mundo pós-pandemia

Em função disso, diz o embaixador Rubens Barbosa, o Brasil terá de se adequar às regras ou sofrerá as consequências econômicas de seu descaso com o tema

“O tema do meio ambiente passou a ser uma discussão global, o mundo mudou nas últimas décadas, a preocupação com o meio ambiente e a mudança de clima passou a ser uma preocupação central, sobretudo dos países desenvolvidos”, afirma o embaixador Rubens Barbosa no início de sua coluna para a Rádio USP. Ele observa que a sanção para o descumprimento das regras passou a ser econômica/comercial e explica a razão disso, além de especular que o mundo pós-pandemia de coronavírus deve fazer o tema do meio ambiente ressurgir com força total, como, de regra, já está se vendo entre os países europeus.

Barbosa diz ainda que a pressão externa sobre o Brasil, em virtude da questão do meio ambiente e, agora, da saúde, está muito intensa, com a Amazônia como foco. O País terá de restabelecer sua credibilidade ou o impacto poderá ser muito grande sobre a agricultura e o setor exportador brasileiro. Já começa a haver ameaça de boicote de produtos do agronegócio brasileiro no exterior. O governo nacional terá de fazer o dever de casa na Amazônia, a fim de evitar o desmatamento e reduzir as queimadas e o garimpo ilegal.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

 

 

 

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.