Marisa Midori faz balanço da Festa do Livro da USP

A professora fala sobre os quatro dias da 21ª edição da festa e ainda comenta as mudanças atuais na Secretaria Especial da Cultura

A professora Marisa Midori fez um balanço da 21ª edição da Festa do Livro da USP, promovida pela Edusp, em sua coluna Bibliomania, que foi ao ar no dia 6 de dezembro. Ela disse que estamos em plena ressaca da Festa do Livro, que terminou no último sábado, com uma multidão correndo para a USP para conferir os livros. “Como frequentadora assídua da festa, posso dizer, assim como os jovens dizem, que a festa bombou.”

Além disso, Marisa cita um livro que chamou sua atenção na estante da Editora Veneta: Gramsci em Quadrinhos, de Néstor Kohan e do cartunista Rep, com posfácio de Lincoln Secco, professor de História da USP. “O Gramsci parece hoje uma leitura obrigatória. Pensemos que o Gramsci, esse grande filósofo italiano, elaborou o conceito de hegemonia cultural, que traduzindo em linhas rápidas significa a dominação ideológica de uma classe sobre a outra”, comentou Marisa.

“Ora, isso é importantíssimo, no momento em que estamos assistindo aos projetos de militarização das escolas públicas; assistimos consternados à crise da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), com corte das bolsas nos programas de pós-graduação, e de alguma forma nos discursos vigentes uma desqualificação da figura do professor”, ressaltou. Segundo ela, no campo da cultura, o nosso Ministério hoje não passa de uma secretaria especial do Ministério do Turismo. “Esse quadro bastante trágico da cultura e da educação torna obrigatória a leitura de Gramsci, de modo que publicar Gramsci em quadrinhos se apresenta como um gesto muito corajoso, senão irônico, mas sem dúvida revolucionário da Editora Veneta”, reitera.

Ouça no link acima a íntegra da coluna.


Bibliomania
A coluna Bibliomania, com a professora Marisa Midori, vai ao ar toda sexta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.