Marisa Midori fala sobre séries para moças bem-comportadas

Dando continuidade às coleções editoriais, a professora começa nesta semana uma série voltada ao público feminino

 19/03/2021 - Publicado há 10 meses
Por

A coluna Bibliomania desta semana dá continuidade às coleções editoriais que fizeram história. A professora Marisa Midori dedica dois programas a projetos editoriais destinados ao público feminino. O primeiro deles é sobre a Coleção Menina e Moça, da Editora José Olympio.

Segundo a professora, a Coleção Menina e Moça foi repaginada com uma capa colorida, nos anos 60. “Antes, a brochura trazia apenas o título envolto por uma moldura florida. Mas aqui há um aspecto curioso: o título do primeiro livro, de Jacqueline Rivière, aliás, pseudônimo de Jeanne Josephine Spallarossa, diz muito sobre o espírito da coleção”, comenta. “Rivière nasceu em 1851 e faleceu em 1920. Portanto, viveu de perto a luta pela emancipação feminina no alvorecer do século 20”, complementa Marisa.

Como aponta a professora, é material rico para uma reflexão, quando São Paulo assiste à abertura de uma livraria destinada a acolher apenas livros escritos por mulheres. “Eu me refiro à livraria Gato Sem Rabo, idealizada por Johanna Stein, que deve ser inaugurada na Avenida Amaral Gurgel, e cujo nome remete ao ensaio Um Teto Todo Seu, de Virginia Woolf. Mas este é um tema para outra matéria.”


Bibliomania
A coluna Bibliomania, com a professora Marisa Midori, vai ao ar toda sexta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.