Marisa Midori fala sobre a relação entre livros e fotografias

O tema é abordado a partir do livro “As Desordens da Biblioteca”, de Muriel Pic

 Publicado: 13/05/2022
Por

“As fotografias se multiplicam em escala exponencial em nossos celulares e, da mesma forma que tudo, absolutamente tudo se presta a ser fotografado, jamais os livros e as bibliotecas puderam ser tão expostos ao grande público como o são nos tempos atuais”, afirma a professora Marisa Midori na coluna Bibliomania desta sexta, dia 13 de maio.

A professora aborda a relação entre livros e fotografias a partir do livro de Muriel Pic, As Desordens da Biblioteca, publicado em 2015 pela Editora Relicário. Segundo ela, fotografamos os livros por várias razões: qualidades estéticas, como documento, para deter um pedaço da leitura, e até mesmo para compartilhar ou tornar pública a nossa leitura.

A edição é composta de dois estudos, como conta a professora, “um essencialmente fotográfico, composto de uma fotomontagem, e outro essencialmente textual, diria, uma écfrase do primeiro livro de fotografia que o mundo conheceu”.


Bibliomania
A coluna Bibliomania, com a professora Marisa Midori, vai ao ar toda sexta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.