Marisa Midori apresenta o polêmico “Contra Amazon”, de Jorge Carrión

Com design impactante, o livro é um manifesto contra a Amazon e a favor das livrarias

 

Na coluna Bibliomania desta semana, a professora Marisa Midori apresenta mais um livro polêmico: Contra Amazon, de Jorge Carrión, com texto traduzido por Reginaldo Pujol Filho e Tadeu Breda. “Trata-se de uma edição muito bem-cuidada, com design impactante, publicada pela Editora Elefante”, informa Marisa, e continua: “Poderia dizer que todo o livro é um manifesto. Desde o design, como eu disse, passando pelos paratextos, que são muitos e demarcam a atualidade e o caráter emergencial do debate, até o próprio texto-provocação de Carrión”.

Para Carrión, há sete razões e um manifesto para se voltar contra a Amazon, avisa a professora, que cita as razões do autor, entre elas: “Porque não quero ser cúmplice da expropriação simbólica”. Segundo Marisa, parece evidente que o que se discute não é o comércio virtual de livros, mas o que é o império Amazon, cujos livros talvez sejam apenas um pretexto, uma etiqueta ou um requinte de uma empresa que está muito longe de comportar o humanista simbólico de que são portadores os livros.

A professora ainda lembra que esse manifesto ganha peso, na edição, quando a ele se somam outras vozes, apresentadas sob a forma de “Apêndices”. “Nesse espaço, foram reunidos os escritos-manifestos de Ursula Guin, Rocardo Lombardi, Adalberto Ribeiro, Felipe Roth Faya, Alex Januário, Marcelo Finateli, Nani Rios, Guarany Oliveria Marques, enfim, uma galera enorme dedicada a relatar, a partir de suas experiências, a humanidade dos livros.”


Bibliomania
A coluna Bibliomania, com a professora Marisa Midori, vai ao ar toda sexta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.