Máquinas usadas no dia a dia deveriam ser mais tecnológicas

Segundo Luli Radfahrer, devemos aproveitar a tecnologia à disposição para trazer inovação aos equipamentos de uso diário, como o micro-ondas

Com tanta tecnologia, interface, televisões inteligentes e carros autodirigíveis, o micro-ondas ainda é aquela máquina que possui botões que ninguém utiliza. Na coluna Datacracia de hoje, o professor Luli Radfahrer fala sobre como máquinas do nosso dia  a dia poderiam ser melhoradas. Mas, afinal, por que o micro-ondas tem botões para a preparação de diferentes comidas que ninguém utiliza? Para o colunista, esse é um exemplo clássico de um modelo de implementação que é pensado no engenheiro: “É pensado até na forma que ele acredita que as pessoas vão usar, mas não é pensado no usuário né, pensado em mim, em você, em quem usa o microondas”.

Uma boa saída seria integrar equipamentos domésticos, como o micro-ondas, ao telefone celular por meio de um aplicativo: “Veja como ele poderia ser bacana: primeiro, que você pode atualizar o seu micro-ondas, segundo, que você pode pegar receitas da internet e colocar até para as coisas mais complicadas”. Em um momento em que estamos aproveitando o uso da tecnologia ao máximo, a inovação de equipamentos domésticos seria muito bem-vinda, como explica o colunista: “Às vezes, a solução está perto de você, e é só você dar uma melhoradinha naquilo que existe que você tem um produto muito, muito mais inovador”.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Datacracia
A coluna Datacracia, com o professor Luli Radfahrer, vai ao ar toda sexta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.