“Manifestações antirracismo são luta pelos direitos humanos e cidadania”

É o que afirma o colunista Pedro Dallari esta semana, lembrando as manifestações que começaram após a morte de George Floyd

Nos últimos dias, tem se visto por todo o mundo grandes manifestações contra o racismo. E esse é o tema do professor Pedro Dallari em sua coluna desta semana. “Estas manifestações contra o racismo são a favor do elemento central da cidadania, que é o direito de todos os seres humanos à igualdade de direitos, sem nenhum tipo de discriminação”, afirma o colunista. “Na Europa e em outros continentes, as manifestações só não foram maiores devido ao combate ao novo coronavírus e à covid-19. O fato desencadeador de manifestações por todo o mundo foi o assassinato do cidadão negro, George Floyd, em Mineápolis, nos Estados Unidos, há duas semanas. Foi nos Estados Unidos onde ocorreram as maiores manifestações, com milhões de pessoas indo às ruas nos últimos dez dias.”

E os protestos chegaram também ao Brasil, como relata o professor. “No nosso país, em meio às manifestações pela democracia, os protestos contra o racismo tiveram destaque”, diz ele. “Estas manifestações assumem um caráter global, mas sem deixar de chamar a atenção para os problemas de cada localidade. No Brasil, o impacto das manifestações foi acrescido da lembrança da morte recente de dois meninos negros: João Pedro, de 14 anos, morto em casa em São Gonçalo durante uma operação policial, e Miguel, de 5 anos, que morreu devido à negligência da patroa de sua mãe e caiu do alto de um prédio no Recife”, esclarece Dallari. “A cidadania, ao expressar a efetividade dos direitos humanos, é um elemento indissociável do mundo globalizado.”

Ouça no player acima a íntegra da coluna Globalização e Cidadania.


Globalização e Cidadania
A coluna Globalização e Cidadania, com o professor Pedro Dallari, vai ao ar toda quarta-feiraa às 8h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.