Maior evento de oftalmologia da América Latina realiza edição 100% on-line

Mais de 4 mil especialistas, de várias partes do mundo, estarão conectados, via internet, participando do Congresso Brasileiro de Oftalmologia 2020, de 4 a 7 de setembro

Nesta edição da coluna Fique de Olho, o professor Eduardo Rocha fala sobre o impacto da pandemia do novo coronavírus em grandes eventos médicos-científicos. Como o Congresso Brasileiro de Oftalmologia, o maior da área na América Latina e que ganha versão 100% on-line. 

O especialista comenta que 2020 seria um ano para comemorar o avanço das tecnologias para prevenção de problemas visuais. Devido às medidas de segurança contra a covid-19, muitas palestras, discussões e aulas sobre o assunto acontecem virtualmente. 

Para o professor, a falta de experiência em pandemias como esta torna ainda mais necessário o bate-papo entre os profissionais. “Aumento das exigências em relação à assepsia e outros aspectos relacionados à vulnerabilidade se fazem necessários. É, sem dúvida, um grande período de aprendizado”, explica. 

É nesse clima que se dará a grande celebração, programada para a 64ª edição do Congresso Brasileiro de Oftalmologia, que acontecerá entre os dias 4 a 7 de setembro. O evento já conta com mais de 4 mil inscrições de diferentes partes do mundo e mais de 500 aulas gravadas e revisadas. Os participantes, antecipa o professor Rocha, poderão entrar nas salas, assistir às palestras, interagir com os convidados, ouvir e participar de debates e discussões, tudo sem precisar sair de casa, estar longe ou silenciar seus celulares e aparelhos eletrônicos. “Na verdade, essas serão as ferramentas de interação este ano”, antecipa.

Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha.    


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar toda quarta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.