Lições do passado poderão orientar na retomada da economia

Professor José Eli da Veiga recomenda que as manifestações em favor de uma retomada sustentável sejam observadas com cuidado

Nos dias atuais, estão se proliferando as manifestações de setores da sociedade em prol de uma retomada da economia que seja “verde e descarbonizadora”. “São movimentos sociais, empresários e até alguns políticos. É impressionante!”, observa o professor José Eli da Veiga. Contudo, ele lembra que quem observou o que aconteceu na última crise de 2008, onde surgiram sinais bem parecidos, mantém suas “barbas de molho”. “Eu, particularmente, tenho uma visão levemente pessimista em relação a esses clamores”, admite o colunista.

Em artigo de sua autoria, publicado nesta quinta-feira (30), Chance Verde?, no jornal Valor Econômico, Eli da Veiga lembra que em 2007 o jornalista Thomas L. Friedman, do The New York Times, lançava o slogan Green New Deal, em favor da troca de energias fósseis por renováveis. “Ele dizia, basicamente, que a transição só poderia ser feita através de um conjunto de medidas semelhantes às que foram tomadas por Roosevelt, nos anos 1930, para revitalizar os EUA”, lembra o colunista. Ele também cita o artigo publicado, no mesmo Valor Econômico, do último dia 20 de julho, de autoria do presidente do Conselho de Administração da Suzano, David Feffer, intitulado Chance Verde. O texto de Eli da Veiga é uma espécie de resposta a Feffer, já que o seu título traz um ponto de interrogação.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Sustentáculos.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.